Thiago Neves aciona Cruzeiro na Justiça do Trabalho

Thiago Neves aciona Cruzeiro na Justiça do Trabalho

Thiago Neves entrou com ação na Justiça do Trabalho contra o Cruzeiro. O processo corre em segredo de justiça e, por isso, a reportagem não tem acesso ao conteúdo que o jogador alega para cobrar o clube. Ele pede aproximadamente R$ 16 milhões e quer a rescisão contratual.

Thiago Neves ficou marcado como um dos principais personagens do rebaixamento do Cruzeiro à Série B do Campeonato Brasileiro. O comportamento extracampo, aliado às más atuações, fizeram o jogador entrar na mira da torcida e da diretoria.

A relação do meio-campista com a torcida ficou bastante desgastada, após o atleta perder o pênalti na partida contra o CSA e ser flagrado em uma festa no Mineirão.

O clube informou ainda que Thiago Neves teve um edema na coxa esquerda. Ele começou a se tratar na Toca da Raposa. Entretanto, faltou a um dia de treinamento, o que causou a ira da diretoria.

A presença na festa foi o estopim para a diretoria, por meio do então gestor de futebol, Zezé Perrella, afastar o jogador do grupo profissional, faltando três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

Thiago Neves não esteve nos jogos que culminaram no rebaixamento do Cruzeiro, mas, ao final do Brasileiro, concedeu entrevista, afirmando que estaria disposto a reduzir o salário para continuar no clube mineiro e disputar a Série B.

Thiago Neves tem contrato com o time mineiro até dezembro de 2020. Há uma cláusula de renovação automática até 2021, caso ele dispute 42 jogos na próxima temporada.

O meia chegou ao Cruzeiro em 2017. Com a camisa da Raposa, ele disputou 151 jogos, marcando 41 gols. Conquistou duas Copas do Brasil e dois títulos do Campeonato Mineiro, defendendo o time mineiro, sendo destaque, principalmente, nos títulos das competições nacionais.

 

 

 

Deixe seu Comentário