Temperaturas baixas aumentam movimento em abrigos em Umuarama

Temperaturas baixas aumentam movimento em abrigos em Umuarama

A previsão do tempo é fria: o termômetro registra temperaturas mínimas de 12 graus para esta quinta-feira (11). No último final de semana houve registro de apenas 1 grau em Umuarama. E esta temperatura representa muito mais frio para quem está em situação de rua.

Na cidade é comum ver pessoas que não têm onde morar e acabam pernoitando em praças ou marquises de prédios. No período do verão, embora desumana, a situação pode ser um pouco mais ‘amena’.

No inverno, todavia, as temperaturas baixíssimas castigam essas pessoas, que acabam buscando ajuda em abrigos. Um desses locais é a Associação de Apoio à Promoção Profissional (Apromo), que opera com capacidade máxima desde o fim de semana.

Ao todo são 40 vagas na Casa de Acolhimento, que em períodos mais quentes não chegam a ficar lotadas, mas que agora dão conforto e segurança para quem está em situação de rua para fugir do rigoroso inverno.

“Aumenta não só o número de pessoas que procuram o abrigo, mas também o consumo de alimentos, produtos de higiene pessoa, agasalhos, roupas de cama”, explica Junior Lopes, presidente da Apromo.

A prefeitura de Umuarama informou que o Centro Pop, responsável por este setor, atente 25 pessoas em situação de rua atualmente. Assim, as entidades assistenciais que oferecem apoio a essas pessoas ‘trocam figurinhas’ para garantir que nenhuma fique sem abrigo.

Quando não há vagas suficientes na Apromo, em conversa com instituições parceiras, como a Comunidade Voz dos Pobres, é possível direcionar pessoas em situação de rua para acolhimento.

Doações -  Ainda assim, os albergues necessitam de doação de roupas, alimentos e itens de limpeza. Interessados em doar podem levar até a sede da Associação, localizada na Rua Montevidéu, nº. 4674.  Informações pelo telefone (44) 3622- 6441 ou pelo whatsapp: (44) 9 8455-6975.

Fonte: O Bemdito.

Deixe seu Comentário