Prefeitura dá prazo para loteadora limpar terrenos baldios do parque Metropolitano

Prefeitura dá prazo para loteadora limpar terrenos baldios do parque Metropolitano

Na última quarta-feira (13) OBemdito publicou uma reportagem mostrando as queixas de moradores do parque Metropolitano, em Umuarama. Uma moradora do bairro passou por um grande susto na terça (12) quando viu uma cobra entrando pela porta de sua casa. No impulso, fechou a porta e esmagou a cabeça da cobra no batente.

Outra moradora entrou em contato com OBemdito para informar que o surgimento de animais peçonhentos é comum na localidade devido a falta de manutenção nos terrenos baldios. Segundo ela, às vezes alguns proprietários de terrenos baldios colocam fogo no mato e isso faz com que os insetos e animais peçonhentos saiam em busca de refúgio. Que, por vezes, acaba sendo a casa dos moradores.

Nesta quinta-feira (14) a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Umuarama emitiu uma nota a respeito. A informação é de que a empresa loteadora recebe prazo para limpar os terrenos ainda não comercializados e os proprietários de lotes baldios também devem fazer a limpeza. Confira a nota:

“O setor de Fiscalização do Código de Postura da Prefeitura entrou em contato com os loteadores do Jardim Metropolitano e definiu que a limpeza dos terrenos que ainda não foram vendidos deve ser feita até o dia 1º de março. Após esta data, caso a roçada dos lotes não tenha sido realizada, os loteadores serão notificados – da mesma forma que os donos dos terrenos ainda sem edificação que estão tomados pelo mato”.

Outra queixa relatada na reportagem é relativa a falta de iluminação pública em uma das ruas do bairro. A Assessoria informou: “Quanto à escuridão no bairro, a Secretaria de Serviços Públicos foi acionada e fará uma vistoria na iluminação pública para providenciar nos próximos dias os reparos e a substituição das lâmpadas queimadas”.

 

Fonte: O bemdito.

Deixe seu Comentário