Dengue: Umuarama atinge estado de alerta e intensifica ações preventivas

Dengue: Umuarama atinge estado de alerta e intensifica ações preventivas

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) da Secretaria Municipal de Saúde realizou nesta semana o primeiro Levantamento de Índice Rápido para Infestação do Aedes aegypti (Liraa) de 2019 e o resultado deixa a cidade em alerta: o índice geral de Umuarama, apurado entre os dias 14 a 16 de janeiro, ficou em 3,3% – considerado de médio risco pelos órgãos de saúde.

“Devemos adotar todos os cuidados para que este índice volte para a normalidade (na casa de 1%) e para isso, além de fazer a nossa parte contamos com a colaboração da população, cuidando dos seus quintais e eliminando possíveis criadouros do mosquito da dengue”, alertou a secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini.

Embora 29 localidades tenham apresentado índice zero de infestação, em cinco bairros da cidade o volume de residências com presença de larvas de Aedes ficou acima dos 10% – Parque Jabuticabeiras, Conjunto Arco-Íris, Praça Xetá, Praça Portugal e Parque Danielle. Em outras 16 localidades o índice ficou entre 5% e 9% e nos 12 locais restantes oscilou entre 1% e 3,7%. “A situação é crítica nestes bairros com índice acima de 10% e tomaremos ações imediatas para reverter esse quadro”, apontou a secretária.

O Liraa mede o Índice de Infestação Predial (IIP), que avalia a presença e quantidade de larvas do mosquito nas residências visitadas em todos os bairros da cidade, que para efeitos estatísticos é dividida em 62 localidades. Infestação acima de 4% é considerada de alto risco para a disseminação de dengue e de outras doenças transmitidas pelo mosquito, como o zica vírus e a febre chikungunya.

“Esta situação pode ficar preocupante se a população relaxar no cuidado com sua casa. Temos em Umuarama coleta regular de lixo orgânico e de recicláveis em todos os bairros. A população tem um serviço eficiente para descartar os resíduos e, mesmo assim, muitos descuidam dos próprios quintais”, lamentou o prefeito Celso Pozzobom.

Bairro Saudável

A Prefeitura inicia na próxima semana mais uma edição do Programa Bairro Saudável, que terá visitas de agentes de saúde e de combate a endemias, distribuição de material para orientar a população e coleta de materiais inservíveis.

“Como o resultado do Liraa era fundamental para definirmos o roteiro do programa, ficou claro que deveremos começar pelo Parque Jabuticabeiras, Arco-Íris e Praça dos Xetá. Mas nos próximos dois meses, a ação será estendida a todos os bairros de Umuarama, para auxiliar a população a descartar corretamente materiais que possa acumular água e favorecer a reprodução do mosquito”, apontou o secretário municipal de Serviços Públicos, José Guimarães de Melo.

Fonte: O Bemdito.

Deixe seu Comentário