Aeroporto de Umuarama está a caminho de receber linha comercial

Aeroporto de Umuarama está a caminho de receber linha comercial

O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou na quinta-feira (10) o Aeroporto Municipal Juvenal Loureiro Cardoso, de Pato Branco, sudoeste do Paraná. A data marcou também a chegada do primeiro voo da empresa Azul Linhas Aéreas, partindo de Curitiba, que fará operações semanais atendendo o sudoeste paranaense e o noroeste de Santa Catarina.

A expectativa é de que o aeroporto Orlando de Carvalho, em Umuarama, seja o próximo a receber linha comercial. A previsão é de que as obras no aeródromo da cidade sejam concluídas até o final de março. A pista e outras melhorias já foram concluídas. Agora acontece a reforma e ampliação da Estação de Embarque e Desembarque de Passageiros e outras obras para receber passageiros.

O aeroporto de Umuarama foi contemplado com R$ 5,5 milhões do Governo do Estado, para pavimentação asfáltica, recapeamento, drenagem, serviços complementares (alambrado, grama e pavimento em paver) e sinalização horizontal.

Após a reforma e adequação estrutural será iniciado o processo de certificação, que demandará uma série de planos e programas a serem elaborados e certificados pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Pato Branco e Toledo

Em Pato Branco, o Governo do Estado investiu R$ 2,87 milhões na pavimentação asfáltica, recapeamento e sinalização horizontal da pista de pouso, área de escape, pátio de manobras e pista de taxiamento. O Estado também ofereceu incentivos fiscais para a operação da Azul no município.

O Aeroporto Luiz Dalcanale Filho, de Toledo, começou a operar uma linha da Azul na quarta-feira (9), inicialmente com um voo semanal para Curitiba.

Incentivo

A linha da Azul no aeroporto de Pato Branco e de Toledo está dentro do programa de incentivo do Governo do Paraná para ampliar a oferta de voos regionais no Estado.

O Governo reduz o ICMS sobre o querosene de aviação em dois pontos percentuais a cada nova rota criada nos aeroportos do Paraná. O incentivo fiscal diminui os custos com o combustível, que é um dos grandes gastos das empresas aéreas. O incentivo fiscal vai até o limite de 8% e pode beneficiar todas as companhias interessadas em operar novas rotas do Paraná.

“Estamos conversando com outras empresas aéreas, como a Gol e a Latam, para que elas possam aumentar o número de voos no Paraná”, disse Ratinho Junior.

O primeiro aeroporto beneficiado foi o de Ponta Grossa (Campos Gerais), onde a Azul começou a operar em outubro de 2016. Além de Pato Branco e Toledo, também está na rota o Aeroporto de Umuarama, no Noroeste.

Fonte: O Bemdito.

Deixe seu Comentário